Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá das cinco

Chá das cinco

Desabafos #3 - Pressa na vida

Olá meus amores!

Post novo no ar!

Hoje o meu dia de trabalho foi strassante e nunca mais acabava. Tinha tanto que fazer e queria deixar tudo feito, mas não consegui deixar como queria. Tenho o tempo todo contado e ando sempre com pressa, como hoje o dia não foi bom vim aqui desabafar com porque desse lado deve haver alguém como eu, sempre com pressa, anda numa roda-viva.

O meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, a minha alma tem pressa.(Rubem Alves)

Eu sou uma pessoa que muitas, mas muitas vezes tenho pressa na vida. Mas como eu, existe 10 milhões de Portugueses por este país fora que vive com este (síndroma). Queremos tudo para ontem. Queremos que as coisas aconteçam naquele precisam momento, queremos resultados de algo que fizemos. E quando as coisas não acontecem como eu quero ou no tempo que eu quero fico fula, enervada, sei lá quantos mais sentimentos a mistura ficam nesta minha cabecinha. Começamos desde de pequenos com este síndroma, num dia para o outro queremos ser adultos para tirarmos a carta, irmos ao cinema com os amigos sozinhos, não ter ninguém a mandar em nós, fazermos as nossas escolhas. Andamos nesta roda-viva de quer tudo muito depressa, mas quando nos apercebemos estarmos numa rotina dum emprego, lutarmos para pagar as nossas contas e só queremos que os dias passem rápido para chegarem as férias, queremos andar sempre um passo a frente na nossa vida. Muitas vezes queremos tudo para já e bem, mas como o povo português diz “depressa e bem não há quem”. E realmente tem rezão, eu no meu trabalho quero deixar tudo feito no meu turno, fazendo tudo para ontem para não deixar nada para os meus colegas e depois sinto que falho como profissional e como pessoa o que deixa-me com o sentimento de frustração, não gosto de falhar, gosto de sentir que o meu dever foi cumprido. Sabem como trabalho com jovens e crianças sinto que falho com elas por causa desta pressa na vida, por causa do tempo contado e fico com o coração partido cada vez que venho embora porque acho que podia fazer as coisas de maneira diferente e dedicar mais tempo a eles.

Sem pressa, mas sem perder tempo, quero viver os meus dias e não apenas existir neles. (Desconhecido).

Sabem eu não tenho paciência para espera que as coisas aconteçam, quero resolver tudo na hora, quero fazer as coisas no imediato, desejo resultado na hora. Sei que tenho que aprender a controlar esta a minha ansiedade para não sentir-me desiludida e frustrada. Sei que é preciso dar tempo ao tempo e deixar que a vida se revele e nos surpreenda quando assim desejar. Temos aprender esperar e não desistir, continuar mesmo quando os dias são maus, praticar a resiliência e acreditar que vai valer a pena porque amanhã será melhor! Ou depois de amanhã… ou daqui a um ano. Podemos dramatizar e nos lamentar por causa do nosso destino, mas temos que levantar sempre a cabeça, mandar embora os sentimentos ruins e lutar pelos nossos desejos, sonhos ou metas. Nunca devemos perder a fé e claro que devemos colocar um sorriso maravilho e espera que as coisas aconteçam a seu tempo. É preciso ser, viver e acreditar! Ter a calma necessária e aproveitar bem o caminho, porque o destino é só uma parte. 

 

2e1dcc08d47b51403118f921b8ab907e.jpg

O meu mundo! Coisas boas acontecem...

Gostaram? Espero que sim. E vocês são assim como eu? O que fazem para controlar o "tudo para ontem"?

Subscrevam o blogue e comentem.

Beijinho e marcamos encontro na próxima publicação.

images (1).jpg

 

4 comentários

Comentar post