Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá das cinco

Chá das cinco

Desabafos #7 - Gratidão, a geração que não entende este conceito

Olá meus amores!

Post novo no ar!

 

Hoje venho partilhar com vocês um assunto que cada vez me assusta mais que é a falta da gratidão que hoje em dia temos uns pelos outros, mas principalmente esta última geração. Estou farta e cansada de pessoas ingratas e do mal que eles fazem aos outros para chamarem atenção e por acharem que todos devem alguma coisa, quando não tem a capacidade de parar e agradecer por ter aquela pessoa na sua vida. Chega de pessoas mimadas que olham só para o seu imbigo. Está na altura de este grande valor ficar bem firme na nossa sociedade e na nossa geração.

Eu gosto de me sentir grata e de ser grata a todas as pessoas que passaram na minha vida e que fizeram alguma diferença na mesma quer de forma positiva ou negativa pois é sempre uma experiência na qual tiramos alguma aprendizagem. Mas isso sou eu.

As vezes olho no meu redor e no meu circulo de relações e penso se a minha geração e desta ultima geração se sabem qual é o verdadeiro conceito de gratidão e se alguém realmente lhes ensinou a ser grato com o outro e com a vida. Na maioria das vezes acho que não e acredito que este conceito ficou perdido algures por aí e muito de nós não sabe qual é a finalidade da palavra gratidão.

042850_Detalhes.jpg

Para mim o grande problema é que cada um acha-se superior e não tem humildade para reconhecer o que cada um faz de bom mas sim estão atacar e ver o mal do outro. Passamos a vida a ser credores desde que nascemos e achamos que os outros tem um dívida par que connosco e achamos que somos pessoas intocáveis e superiores e por isso a nossa geração acha que o universo tem alguma obrigação de fazer a nossa vida maravilhosa sem ir a luta, sem batalhar caminho. Juventude está na hora de acordar e trabalhar muito para conseguirem a felicidade que procuram mas sem se esquecerem de ser gratos a todo que vós rodeia. 

A nossa geração acha que são os outros que tem que ser gratos, por exemplo no outro dia em conversa com uma vizinha me percebi que muito de nós acha que não tem que ser gratos aos pais, mas sim os pais que tem que ser gratos por ter um filho que não dá trabalho, que é um bom filho. Como já tinha referido acima nós temos que ser gratos pela que a vida nós dá e por aquilo que os outros nós dá como aprendizagem ou oportunidades que vão surgido nesta vida. Ninguém tem nenhuma obrigação connosco e isso que fique bem ciente, o importante é saber reconhecer o outro.

Nós não devemos esperar do outro gratidão mas podemos e devemos sempre ser gratos ao que os outros fazem por nós, devemos retribuir o afecto da família e dos amigos, respeitar as pessoas sejam quem elas for, estudar quando se tem oportunidade, trabalhar bem,cumprir ordem dos nossos superiores, cumprir horários, preocupar-se com os amigos e família, ser gentil com os mais velhinhos e dar seu melhor todo dia faz parte ou pelo menos devia fazer parte da nossa vida e dos nossos valores. Devemos dar o máximo no mínimo que fazemos, não contrário.

Sabem quando olhamos para nossa vida e nós sentimos gratos, sentimos que a nossa vida faz sentido, nós sentimos completos, sentimos abençoados por isso a gratidão é do melhor que levamos dessa vida. Quem quer ser sempre o credor, vai viver uma vida infeliz, incompleta, vazia. 

Só o simples facto de termos uma casa, comida, afecto, família, amigos, saúde já é uma sorte e devemos ser muito gratos, o que vier por caso é uma bênção.

Torne o mundo melhor ao ser grato e não espera nada em troca.

b620387e1cd1180cb9fdc570b9f7706d.jpg

O meu mundo! Coisas boas acontecem...

Subscrevam o blogue e comentem.

Beijinho e marcamos encontro na próxima publicação.

images (1).jpg