Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá das cinco

Chá das cinco

Leitura em dia #2 - prometo falhar

Olá meus amores,

aqui vós deixo o livro que comecei a ler nestes últimos dias.

download (1).jpg

 

"Prometo Falhar" é um livro de amor.
O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta.
O amor.
No seu estilo intimista, quase que sussurrado ao ouvido, Pedro Chagas Freitas leva o leitor aos estratos mais profundos do que sente. E promete não deixar pedra sobre pedra.
Mergulhe de cabeça numa obra que mostra sem margem para equívocos porque é que é possível sair ileso de tudo.
Menos do amor.

 

Título: Prometo Falhar

Autora: Pedro Chagas Freitas

Editora: Marcador Editora

Edição/Reimpressão: 2014

Nº de Páginas: 392

 

Minha opinião:

Quis lê-lo e pedi emprestado. Adorei a sinopse, li algumas passagens e quis ler mais e mais, por isso do que li até agora posso adiantar que este livro é muito bom. 

Para minha é um livro cheio de histórias, umas mais arrebatadores que outras, mas eu pessoalmente gosto.

Durante as crônicas, que são curtas e não possuem títulos, entramos na história de personagens apaixonantes e nos identificamos com muitos casos de amor, perda e superação, onde descobrimos que na vida, todos temos los nossos problemas e nos sentimos pequenos, sozinhos e até mesmo vazios, e sinceramente é impossível não haver identificação com personagens e histórias tão reais. Por isso existe passagens que nos tocam, textos que ficamos a adorar e frases que queremos partilhar com o mundo.

Mas para algumas pessoas ler o livro pode encontrar textos mais do mesmo, mas por outro lado, algumas das passagens são realmente bonitas e fazem-nos pensar.

Com uma escrita leve é fluída, a obra segue um ritmo contagiante, com mensagens que falam e emocionam o leitor de maneira cativante e única.

 

Prometo amar-te até ao limite, beijar-te até à última fronteira, correr quando bastava andar, saltar quando bastava correr, voar quando bastava saltar. Prometo abraçar-te com o interior dos ossos, percorrer-te a carne com a fome absoluta, e ir à procura do orgasmo todos os dias, a toda a hora, encontrar a felicidade no doce absurdo que nos soubermos destinar. Prometo falhar. Sem hesitar. Prometo ser humano, aqui e ali ser incoerente, aqui e ali dizer a palavra errada, a frase errada, até o texto errado, aqui e ali agir sem pensar, para que raios serve pensar quando te amo tão desalmadamente assim? Prometo compreender, prometo querer, prometo acreditar. Prometo insistir, prometo lutar, descobrir, aprender, ensinar. Tudo para te dizer que prometo falhar. E Deus te livre de não me prometeres o mesmo.

Pedro Chagas Freitas, in 'Prometo Falhar'

prometo-falhar-2.jpg

Gostaram? Espero que sim. E vocês o que andam a ler?

Subscrevam o blogue e comentem.

Beijinho e marcamos encontro no próximo post.

images (1).jpg